PNEU 195/60R16 GOODYEAR ASSURANCE 89T EE70

Clique no botão ao lado para assistir o video relacionado ao produto.

Assistir Video

PNEU 195/60R16 GOODYEAR ASSURANCE 89T EE70

Código: VK400001DA Marca:
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

PNEU 195/60R16 GOODYEAR ASSURANCE 89T EE70

Desenvolvido para atender as necessidades do dia a dia do brasileiro, a linha Assurance, equipa carros compactos. Essa linha é voltada para quem busca maior durabilidade e economia. Pneu com exclusiva tecnologia e o design otimizado da banda de rodagem, proporcionam até 16% a mais de quilometragem, melhor aderência em piso molhado e economia de combustível. Pneu desenvolvido para hatches e sedãs compactos que buscam quilometragem e melhor aderência no piso molhado.

Garantia:
Todos os pneus Goodyear são novos, originais de fábrica, com nota fiscal, certificação do Inmetro e 5 anos de garantia contra qualquer defeito de fabricação.

 

Classificação Uniforme da Qualidade dos Pneus


► Durabilidade (Treadware): 400
X

DURABILIDADE (TREADWEAR)

O índice Treadwear informa a resistência ao desgaste de um pneu quando comparado a outro. Este índice obtem-se mediante um teste efetuado em pista sobre uma distância de 9600 km, em condições controladas. Este índice pode ser desde 60 até 800. Um pneu com Treadwear igual a 200 desgastar-se-á 33% mais rápido que um pneu de 300, enquanto que um pneu com Treadwear igual a 420 irá durar 40% vezes mais que o de 300.

Conclusão: Quanto mais elevado for o índice Treadwear, maior será a quilometragem que o pneu irá suportar.

► Aderência (Atraction): A
X

ADERÊNCIA (TRACTION)

O índice Traction corresponde à aderência de um pneu em pista molhada. Ele é obtido em teste de frenagem na pista molhada, em linha reta, sob condições controladas. Este índice é expressado com as letras AA (índice mais elevado), A, B e C (índices mais baixos). O índice C é o mínimo aceitável. Embora esse teste seja parecido com o teste que é feito na etiquetagem do Inmetro, os parâmetros do ensaio são diferentes, pois eles são estabelecidos pelo Departamento de Transportes Americano (DOT).

Conclusão: Um pneu de índice Traction AA terá maior aderência à pista e precisará de menor distância para parar o carro em pista molhada que um de índice A, e assim sucessivamente.

► Temperatura (Temperature): B
X

TEMPERATURA (TEMPERATURE)

O índice Temperature corresponde à resistência do pneu ao aquecimento e à sua capacidade de dissipar o calor. Este índice é obtido mediante um teste em laboratório simulando o uso nas ruas e estradas, e mede a capacidade de um pneu de dissipar o calor gerado pelo atrito. O excesso de calor pode provocar a degradação do pneu. Este índice é expresso pelas letras A (índice mais elevado), B e C (índices mais baixos).

Conclusão: Um índice de temperatura elevado significa que o pneu resiste ao aquecimento e ao calor.

Dados


► Índice de Carga (por pneu): 89 (580 Kg)
X

ÍNDICE DE CARGA (POR PNEU)

O índice de carga de um pneu é um código numérico que corresponde à carga máxima de peso que um pneu pode suportar sob sua máxima pressão de calibragem. Para saber qual o índice adequado para o seu carro, basta que o código do novo pneu seja igual ou superior ao do pneu original. Para saber o índice de carga de um pneu, basta consultar o código que vem logo após a medida do pneu (Exemplo: 175/70R13 82T)

ATENÇÃO: Jamais utilize um pneu cujo índice de carga seja inferior ao índice do pneu original do veículo. Calibragem abaixo do recomendado no manual do veículo resulta em perda de capacidade de carga.

► Índice de velocidade: T (190 Km/h)
X

ÍNDICE DE VELOCIDADE

O índice de velocidade é um código alfabético que corresponde à velocidade máxima na qual um pneu pode rodar, com veículo carregado com carga máxima. Para saber qual o índice adequado para o seu carro, basta que o mesmo suporte uma velocidade igual ou superior ao do pneu original. Para saber o índice de velocidade de um pneu, basta aferir o código que vem logo após o índice de carga (que por sua vez vem após a medida do pneu - Exemplo: 175/70R13 82T) e consultar na tabela de índice de velocidade (abaixo) a velocidade correspondente. Quanto maior o índice de velocidade do pneu, melhor será seu desempenho responsivo, mesmo em velocidades mais baixas.

Índice de Velocidade Velocidade em Km/h Índice de Velocidade Velocidade em Km/h
G 90 S 180
J 100 T 190
K 110 U 200
L 120 H 210
M 130 V 240
N 140 ZR >240
P 150 W 270
Q 160 Y 300
R 170


ATENÇÃO: Jamais utilize um pneu com índice de velocidade inferior ao do pneu original do veículo. Calibragem abaixo do recomendado no manual do veículo resulta em perda de capacidade de suportar altas velocidades bem como perda de estabilidade e dirigibilidade. Respeite sempre os limites de velocidade das ruas e estradas.
► Talas Compatíveis: 5,5 a 7
X

TALAS COMPATÍVEIS

Se você está adquirindo pneus da medida original do carro e montando-os nas rodas originais, não precisa se preocupar com esse detalhe. Essas são as talas (larguras) de rodas mínima e máxima para essa medida de pneu, conforme o manual da ALAPA (Associação Latino Americana de Pneus e Aros), que é o manual técnico válido para todas as fabricantes de pneus e rodas. Tala é a medida, expressa em polegadas, da largura (bitola) da roda, iniciando-se do ponto de contato com o pneu (ou seja, desconsiderando-se a flange da roda).

Detalhes


► Lateral: LETRAS PRETAS
X

LATERAL

Letras Pretas: Pneus cuja lateral tem as inscrições e dados da cor preta característica dos pneus. A maioria dos pneus é assim.

Letras Brancas: Pneus que contém algumas inscrições em uma das laterais em letras brancas, geralmente Marca e Modelo do pneu. É comumente usado camionetes, SUVs e clássicos. Pode ser usado com as letras brancas tanto para o lado de fora como para o lado de dentro da roda.

Faixa branca: Pneus geralmente apreciados em carros clássicos, que tem uma faixa branca em forma de anel, circundando o aro.

► Tipo de desenho: ASSIMÉTRICO
X

ASSIMÉTRICO

São pneus que possuem lados interno e externo diferentes, combinando características de aderência, estabilidade e drenagem de modo mais elaborado que um pneu simétrico. Em uma das laterais está escrito "Lado externo" ou "Outside". Esse lado deve ser montado para fora, ou seja, do lado da face da roda.

► Tipo: SEM CAMARA
X

TIPO

Sem Câmara (Tubeless, TL): Pneus que possuem um revestimento interno que dispensa o uso de câmara de ar. Todos os carros de passeio e camionetes atuais utilizam pneus sem câmara. A roda deve ser adequada a essa característica também. Neste caso usa-se uma válvula para pneus sem câmara, que se recomenda que seja trocada toda vez que se substitui o pneu velho por um novo.

Com câmara (Tube Type, TT): Pneus de concepção antiga e que necessitam de câmara de ar. Jamais devem ser montados sem câmara de ar. Jamais utilize câmara de ar usada em pneu novo. Observe também se o pneu usa protetor de câmara de ar (freqüente usados em caminhões, empilhadeiras, máquinas de terraplenagem e mineração).

► Construção: RADIAL
X

CONSTRUÇÃO

Existem basicamente 3 tipos de construção de pneus: Radial, Diagonal e Diagonal Cintado.

1 - Radial: Pneus radiais são os melhores e mais modernos. São mais eficientes em termos de consumo de combustível, resistência ao desgaste, estabilidade, conforto e resistência à perfuração. A estrutura segue o sentido do raio da circunferência do pneu (daí a designação "radial"), e na banda de rodagem são dotados de cintas de aço. São radiais 99,9% dos pneus utilizados em automóveis de passeio e pick-ups, SUVs e vans. Sempre levam a letra "R" na medida, imediatamente antes do aro (exemplo: 175/70R13)

2 - Diagonal: Pneus de tecnologia antiga, mas que são ainda muito utilizados em terrenos não pavimentados devido à sua capacidade de resistir a cortes laterais e ao baixo preço em relação ao radial. A estrutura segue um sentido diagonal em relação ao raio de circunferência. Sempre levam um traço ( - ) na medida, imediatamente antes do aro (exemplo: 7.50-16).

3 - Diagonal Cintado: Esse tipo de pneu une algumas características do diagonal (as lonas diagonais) e do radial (a cinta na banda de rodagem). Esse tipo de estrutura é geralmente utilizado em pneus de moto.

ATENÇÃO: Em veículos de 2 eixos, todos os pneus devem ter o mesmo tipo de estrutura. Em veículos com mais de 2 eixos, jamais deve-se usar pneus de estruturas diferentes em um mesmo eixo.

► INMETRO: não informado

 

HONDA
WR-V

HYUNDAI
HB20S

RENAULT
SANDERO STEPWAY
 

 

Eficiência E
X

RESISTÊNCIA AO ROLAMENTO

A resistência ao rolamento é indicada através de uma escala de letras que vai de "A" (mais eficiente) a "G" (menos eficiente).

Este índice está relacionado ao consumo de combustível.

Um pneu, por exemplo, de grau "B" apresenta um consumo de combustível 1,5% menor que um pneu graduado como "C" (o que dá em média 60 litros de combustível ao final da vida útil do jogo de pneus).

A diferença de consumo entre um pneu grau "A" e outro de grau "G" chega a ser de 7,5%.

A letra "D" não é usada em pneus de passeio e caminhonete (ou seja: nesses casos, um pneu "E" é imediatamente inferior a um pneu "C").

Dica: Um pneu com pressão de calibragem abaixo da recomendada tem maior resistência ao rolamento e consequentemente maior consumo de combustível.

Aderência E
X

FRENAGEM NO MOLHADO

Índice apresentado em uma escala de letras, sendo "A" o de melhor desempenho e "F" o pior.

As classes "D" e "G" não são utilizadas para pneus de passeio e caminhonete.

Os pneus grau "A" são a referência para uma frenagem à 80Km/h em asfalto molhado. À medida que a distância de frenagem aumenta o índice também aumenta.

*Cálculo médio com base na tabela de desaceleração da norma EC 1222/2009 utilizando a equação de Torricelli.

Ruido 70
X

RUÍDO EXTERNO

O critério de ruído externo é apresentado em forma gráfica através de ondas sonoras, seguindo o número de decibéis.

Pneus mais silenciosos proporcionam maior conforto aos ouvidos dos passageiros do veículo.

O nívle sonoro é medido em decibéis [dB] com escala logarítimica. O nível que causa desconforto ao ouvido humano é de 80dB.

Na escala do selo:
- Uma onda significa nível de ruído menor ou igual a 69dB;
- Duas ondas é o equivalente a um ruído entre 69,1 e 72dB;
- Três ondas é o mesmo que um ruído entre:
a) 72,1 e 75dB em carros de passeio;
b) 72,1 e 77dB em veículos comerciais leves;
c) 72,1 e 78dB em caminhões e ônibus.

Concept
X

CONPET

O CONPET é um programa do Governo Federal, criado em 1991 por decreto presidencial, para promover o desenvolvimento de uma cultura anti-desperdício no uso dos recusros naturais não renováveis no Brasil, garantindo um país melhor para as gerações futuras.

Os principais objetivos do Programa são: racionalizar o consumo dos derivados do petróleo e do gás natural; reduzir a emissão de gases poluentes na atmosfera; promover a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico; e fornecer apoio técnico para o aumento da eficiência energética no uso final da energia.

OCP
X

INMETRO E OCP

O Instituto Nacional de Metodologia, Qualidade e Tecnologia - INMETRO - é uma autarquia federal, vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, que atua como Secretaria Executiva do Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Conmetro), colegiado interministerial, que é o órgão normativo do Sistema Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Insdustrial (Sinmetro).

OCP é o organismo certificado pelo INMETRO (laboratório) que executa os testes em nome do representante legal da marca.

 

Produtos relacionados

Sobre a loja

São Lourenço Pneus e Baterias - Recendedor Oficial Goodyear em Niterói, Atacado, Varejo e Entrega de Bateria em domicilio. Especialista em Pneus e Bateria para diversas aplicações. Parcelamos em até 10X SEM JUROS e faturamos para Empresas cadastradas e aprovadas pelo nosso financeiro.

Pague com
  • PagHiper
Selos

Braga e Chiappeta Ltda - CNPJ: 36.224.269/0001-07 © Todos os direitos reservados. 2020